Performancing Metrics

Manejo de Pratylenchus brachyurus: possível novo avanço

Manejo de Pratylenchus brachyurus: possível novo avanço 

Um híbrido de milho (Sementes Geneze), o GNZ 2005, que, segundo o colega nematologista Dr. Jaime Maia (UNESP-Jaboticabal), representa um hospedeiro muito desfavorável / resistente a Pratylenchus brachyurus, pode vir a se tornar eficiente instrumento adicional ao sojicultor brasileiro no manejo desse nematoide. Desde 2011, os dados de crescimento e produção de soja plantada em locais infestados pelo nematoide nos quais se utilizou tal híbrido de milho como “plantio-safrinha” (de março/abril a agosto/setembro) tem-se mostrado animadores, em especial na região Centro-Oeste, indicando reduções nos níveis de população de P. brachyurus durante o cultivo do milho. No vídeo abaixo, há depoimentos do Dr. Jaime, de outros técnicos e de produtores rurais acerca da séria ameaça que P. brachyurus tem representado à sojicultura nacional e, principalmente, do caráter promissor dessa nova prática na busca de uma convivência mais “amistosa” com esse nematoide e, claro, bem mais lucrativa. “É a Nematologia na tela” !

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
2 Respostas
  1. Leo disse:

    Professor, nota de correção: o híbrido é o GNZ 2005 e não GNZ 2500.

    • admin disse:

      Prezado Leo, muito grato por ter me alertado. Foi erro feio de digitação mesmo e de falta de checagem depois de finalizar o post. Após os 60 anos, isso começa a ficar comum (rs). Valeu ! LCFerraz

Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

*