Performancing Metrics

C. elegans: ROS podem afetar duração da vida !

O papel das espécies reativas de oxigênio* (ROS) na duração da vida acabou se mostrando mais complicado, ou complexo, do que se supunha inicialmente. Os cientistas já haviam encontrado evidências de que os efeitos de ROS nas mitocôndrias, conforme os seus níveis, podem tanto se dar no sentido de estender, como de encurtar, a duração da vida do organismo. Agora, pesquisadores mostraram em artigo na PLOS Genetics (da semana de 11 de fevereiro) que ROS também podem atuar de maneiras opostas dependendo da localização na célula. De modo particular, verificaram que aumentar as quantidades de ROS em mitocôndrias de Caenorhabditis elegans levou a aumento na expectativa de vida dos vermes, enquanto no citoplasma, a ação teve o efeito oposto.

O Dr. Jeremy Van Raamsdonk, do Van Andel Research Institute’s Laboratory of Aging and Neurodegenerative Disease, em Grand Rapids, Michigan (EUA) e seus colaboradores investigaram os efeitos de ROS em diferentes compartimentos celulares eliminando, seletivamente, um gene antioxidante de C. elegans de mitocôndrias ou do citoplasma, e desse modo provocando aumentos nos níveis de ROS. Segundo o pesquisador, “ROS não são nem bons nem ruins. Eles têm papéis funcionais na célula e parece ser crucial que se tenha tanto níveis adequados de ROS como nos locais certos. Isto significa que os tratamentos com antioxidantes devem ser corretamente direcionados de modo a se maximizar os seus efeitos benéficos e minimizar possíveis efeitos prejudiciais”.

(*): As espécies reativas de oxigênio são compostos químicos resultantes da ativação ou redução do oxigênio molecular (dioxigênio, O2) ou derivados dos produtos da redução. São exemplos o peróxido de hidrogênio (H2O2) e o radical hidroxilo (HO.)

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*