Performancing Metrics

Atuação da Embrapa destacada no Poder Legislativo

A capacidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) de sustentar o protagonismo na geração de inovações, que, nas últimas décadas, orientou a modernização e o crescimento da agropecuária brasileira, foi analisada em audiência pública em Brasília, no dia 21/5, na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). Foi unânime entre os senadores o reconhecimento da contribuição da Embrapa na transformação da agricultura praticada no país até a década de 1970, ineficiente e pouco produtiva, em um setor moderno e competitivo, líder mundial em exportações. A Embrapa tem 9,8 mil empregados, dos quais 2,4 mil são pesquisadores, espalhados por uma rede de 46 unidades de pesquisa em todo o país. No último ano, o orçamento da empresa foi de R$ 2,7 bilhões, com atuação no Brasil e em todos os continentes, em cooperação com entidades de pesquisa de diversos países.

joaoflavionacorte

“A Embrapa foi muito importante, principalmente na ocupação do Centro-Oeste, no desenvolvimento de novas variedades e tecnologias. Porém,  preocupa a dependência tecnológica que temos em relação a outros países, em áreas como transgenia e outras”, disse o senador Blairo Maggi (MT). Os senadores Waldemir Moka (MS) e Elmano Ferrer (PI), apesar de elogiarem a qualidade do trabalho da Embrapa, apontaram falhas pontuais, como no processo de divulgação dos novos conhecimentos aos agricultores. Na avaliação dos parlamentares, o desmonte do sistema de extensão rural prejudicou a difusão de tecnologias ao campo. Nesse sentido, presente ao debate (na foto, sentado à mesa diretora) o Dr. João Flávio Veloso e Silva (colega de SBN, pesquisador em Nematologia), chefe-geral da Embrapa Agrossilvipastoril/MT, disse ser “política da empresa a aproximação com as necessidades dos agricultores, de forma a desenvolver pesquisas para todos os segmentos, ou seja, para pequenos, médios e grandes produtores”. Merecido destaque à Embrapa e aos seus pesquisadores!

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*