Performancing Metrics

Nematologia: vínculos que ficam, mas também acabam

São muitas as histórias dos membros da Sociedade Brasileira de Nematologia em relação aos vínculos que estabelecem com a especialidade ao longo dos anos. Muitos são atraídos aos estudos com nematoides ainda bem jovens, na iniciação científica, formando elo forte com a Nematologia, que se mantém nas etapas seguintes da carreira e até na atividade profissional definitiva. Outros, se dedicam à especialidade na graduação e, por vezes, até na pós-graduação, mas acabam vendo a ligação chegar ao fim, pois acabam (por diferentes razões) atuando profissionalmente em outras áreas, mesmo que no âmbito do Agronegócio. Caso interessante nos foi dado a conhecer há alguns dias, quando se cruzaram dois anderoseliprofissionais que já tiveram na Nematologia seu principal interesse científico. Na matéria intitulada “Acadêmicos de Agronomia visitam indústria em Ji-Paraná” recém-divulgada na Internet, foi destacada a visita que alunos do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná matriculados na disciplina Tecnologia de Produtos Agropecuários, ministrada pelo Prof. Anderson Vieira Santos, realizaram à empresa Rack Indústria e Comércio de Arroz Ltda. (RICAL), sendo lá recebidos por sua responsável técnica, a Eng. Agrª Vanessa Moreira Rack (foto). O Prof. Anderson, com mestrado em Nematologia e ora cursando o Doutorado, ao lado de outras disciplinas, tem sido responsável pelo ensino da especialidade e orientação de graduandos em trabalhos de iniciação científica “fitonematológicos” em sua instituição. Embora com outros interesses, em seu caso, o vínculo com a Nematologia veio para ficar. Já Vanessa, após realizar trabalhos “nematológicos” – principalmente sobre pratilencoses do arroz – sob a supervisão da Dra. Rosangela A. da Silva durante sua graduação em Agronomia na Universidade de Várzea Grande (UNIVAG), passou a se dedicar à administração técnica da empresa RICAL, ligada ao comércio de arroz, feijão e farinha de mandioca. Com ela, o vínculo com a Nematologia foi bom enquanto durou, mas acabou.

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*