Performancing Metrics

Nematoides entomopatogênicos: mais avanços no Brasil

Recente edição da revista ‘Pesquisa FAPESP’, de difusão cultural, traz interessante matéria sobre novos avanços na produção em larga Produção de nematoides no Instituto Biológico de Campinas. Acima, cultivo de bactériasescala de NEPs no Brasil visando ao biocontrole de insetos-pragas em cana-de-açúcar, cultivos protegidos de ornamentais e cogumelos, além de outras culturas. A reportagem, de autoria de Evanildo da Silveira, traz depoimentos dos Drs. Luis Garrigós Leite (IB – C. E. de Campinas), José Roberto P. Parra (ESALQ-USP) e Fábio Silber Schmidt (Bio Controle) a respeito das técnicas hoje mais utilizadas para a multiplicação laboratorial de NEPs, dos custos envolvidos na produção desses bioinseticidas e da competitividade que se espera possam demonstrar em relação aos inseticidas químicos quando forem lançados no mercado. Um dos produtos biológicos, o Bio Bacteriophora, à base do nematoide Heterorhabditis bacteriophora, está com os trâmites para registro de uso avançados e lançamento comercial previsto para 2017 ou 2018, visando ao controle do “bicudo da cana” (Sphenophorus levis), entre outras pragas. Para ler o artigo em PDF, caso prefira, clique aqui !

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*