Performancing Metrics

A verdade: Einstein não aceito pela falta de uma tese !

Propagou-se rapidamente na Internet a imagem abaixo (clique nela para ampliar), claramente forjada, pela qual um fictício Dr. Wilhelm Heinrich, suposto Dean of Sciences da Universidade de Berna, enviava carta datada de 6 de junho de 1907 ao Sr. Albert Einstein, na qual o notificava de que sua candidatura ao doutorado não havia sido deferida e que, nessas condições, não estava qualificado, tampouco, a pleitear o cargo de Professor Associado junto a aquela Instituição. Ia além o Dr. Heinrich comentando que, embora artigo de Einstein publicado há pouco tempo na revista Annalen der Phisik contivesse uma teoria até interessante, suas conclusões sobre a natureza da luz e a respeito da conexão que estabelecera entre espaço e tempo afiguravam-se algo radicais, constituindo, a seu ver, informações “muito mais artísticas” do que “verdadeira Física”. Pura ficção, já desmentida, mas que causou previsível excitação na rede mundial.

Na verdade, Einstein apresentou mesmo aplicação naquele ano de 1907 junto à Universidade de Berna pleiteando acesso como docente privado na área de Física Teórica, e contou até com defensores na instituição visando ao seu ingresso, como o Dr. Paul Gruner, que destacou sua inegável e comprovada aptidão como físico já naquela época. Todavia, a exigência formal muito clara de que o candidato ao cargo necessitava ter em currículo uma tese escrita já aprovada, fez com que sua pretensão acabasse sendo indeferida, como notificado por carta do Dr. Gustav Tobler a ele enviada em outubro de 1907 (imagem ao lado). Toda essa celeuma, muito interessante pelo menos sob o ponto de vista histórico, pode ser conferida em detalhes clicando-se aqui !

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Uma Resposta
  1. Ric disse:

    Interessante este post!

Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*