Performancing Metrics

Olha os minicursos a docentes nematológicos decolando !

logo 

Tudo começou em Pernambuco em 2015, na UFRPE, com a colega Dra. Lilian M. P. Guimarães (foto). Foi lá que a iniciativa do Presidente Ricardo M. Souza de chancelar, via SBN, a realização de cursos rápidos de atualização a docentes que ministram aulas sobre fitonematoides mesmo sem possuir adequada/suficiente formação no assunto se materializou. Por força de dificuldades no agendamento em período que pudesse, a um só tempo, ser propício aos participantes e aos professores ministrantes, esse primeiro minicurso, “pernambucano”, destinado a docentes do Nordeste, contou com apenas sete frequentadores, mas alcançou ótimos resultados e foi muito bem avaliado pelos inscritos. Estamos próximos agora da efetivação de um segundo minicurso voltado basicamente aos docentes do Mato Grosso (MT), com grande procura e vagas já plenamente preenchidas segundo informação do Dr. Paulo Afonso Ferreira (foto), seu principal organizador. Aliás, como apresentado pelo Prof. Paulo Afonso em pôster no congresso de Petrolina, a grande maioria dos professores que se incumbe de aulas sobre fitonematoides em MT não tem formação estrita em Nematologia, sendo que alguns sequer são experientes como fitossanitaristas/fitopatologistas.

Agora vem a boa novidade de que o Dr. Jerônimo V. Araújo Filho (foto), da UFPelotas, vem de aceitar a incumbência de promover também no Rio Grande do Sul minicurso com tais características, destinado a atender aos docentes nematológicos com formação incompleta daquele estado e de Santa Catarina. As providências iniciais nesse sentido já começam a ser tomadas e, no tempo devido, maiores e mais detalhados informes a respeito voltarão a ser divulgados aqui no site da SBN. Até mesmo visando ao atendimento de docentes do estado do Paraná, tratativas preliminares para um minicurso nos mesmos moldes e com objetivos semelhantes já começam a ser adotadas. Como se vê, mais uma atividade de inegável alcance no sentido de se melhorar o ensino da Nematologia de Plantas no País – ao lado da produção de livros redigidos em português – começa a ganhar corpo. A Diretoria da SBN agradece desde já aos promotores de tais minicursos, bem como às Instituições de Ensino Superior às quais se vinculam, e em especial aos colegas professores e pesquisadores, nematologistas experientes, que estão se dispondo a colaborar com tais atividades atuando nas preleções teóricas e práticas. Os interessados em potencial devem permanecer atentos aguardando novos posts informativos a respeito. A Nematologia não para …

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Uma Resposta
  1. Bianca Corrêa disse:

    Gostaria de saber se ainda existem vagas para o curso no Mato grosso, sou professora de Fitopatologia em Campo Grande MS e tenho interesse no curso.

    Att

Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*