Performancing Metrics

RELEVANTE: importância dos fitonematoides reconhecida !

Um dia isso teria de acontecer! Mas, melhor tarde do que nunca! Embora bem evidente, a grande importância de várias espécies de fitonematoides frente ao agronegócio brasileiro foi negligenciada por décadas (ao menos cinco), sob diversas e inconsistentes justificativas. As vultosas perdas devidas aos nematoides de galha em importantes culturas eram subestimadas, ignoravam-se os danos causados pelo nematoide cavernícola à bananicultura e vários outros exemplos poderiam ser citados para ilustrar esse fato inegável. Talvez a única exceção tenham sido os anos intermediários da década de 1990, quando o impacto da introdução do nematoide de cisto na sojicultura nacional impôs divulgação mais ampla a respeito do problema.

Eis que no Diário Oficial da União de 15 de agosto p.p. foi publicada portaria (veja a figura contendo o texto) governamental – com grande e imediata repercussão – pela qual oito “pragas” são definidas como de elevado risco fitossanitário a várias culturas de destaque econômico no País, priorizando-se a busca urgente de tecnologias que representem soluções eficazes ao manejo das mesmas. Entre essas “oito mais”, encontram-se, estranhamente agrupadas em item único, os nematoides Heterodera glycines, Meloidogyne incognita, M. javanica e Pratylenchus brachyurus. Estranhamente porque são espécies com características distintas quanto aos círculos de hospedeiros e disponibilidade de material resistente no mercado nacional, requerendo estratégias de controle e tratamentos também diferenciados no âmbito da sojicultura. Deveriam ser tratadas como quatro “pragas” com mesmo status, mas separadas.

 Resultado de imagem para danos nematoides em soja Resultado de imagem para danos nematoides em soja

Mesmo que tardiamente, em vista dos muitos alertas dados por L.G.E. Lordello há mais de 50 anos, começam os fitonematoides a merecer a atenção devida de parte dos responsáveis pelos destinos da Defesa Fitossanitária no Brasil. Já não é pouca coisa … Mas, ainda terá de melhorar, e isso é o que esperam e pelo que lutam os nematologistas e a SBN.

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*