Performancing Metrics

Nature: brasileira entre os cientistas mais influentes de 2016

A epidemiologista brasileira Dra. Celina Maria Turchi Martelli – pesquisadora-visitante do Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães, da Fiocruz/Pernambuco – foi distinguida pela revista Nature como um dos cientistas mais influentes de 2016 pela investigação que permitiu associar a microcefalia à infeção pelo vírus do zika. A revista escolhe anualmente as 10 pessoas mais influentes na área de investigação científica, intitulando-as “as dez pessoas que importam na Ciência”.

Segundo Richard Monastersky, editor da publicação, Celina Turchi foi incluída na lista dos “10 da Nature” deste ano pelo seu papel no estabelecimento da associação entre as infeções pelo vírus do zika e a microcefalia, em decorrência da qual os bebês nascem com cabeças e cérebros anormalmente pequenos”.

Docente aposentada da Universidade Federal de Goiás, com mestrado obtido em Londres e doutorado na Universidade de São Paulo, a Dra. Celina fez questão de ressaltar que a distinção deve ser dividida com os demais pesquisadores de sua equipe, que, com ela, estão há meses envolvidos nas investigações sobre o zika. “São cientistas muito interessados e empenhados nos estudos, atuando em equipes multidisciplinares, em diversas universidades e institutos de pesquisa”, afirmou. 

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*