Performancing Metrics

Um justo tributo: 80 anos do Prof. Dr. M. R. Siddiqi

No ano de 2014, o renomado nematologista indiano Dr. Mohammad R. Siddiqi completou 80 anos. Pesquisador, já aposentado, vinculado por décadas ao Instituto de Parasitologia do C.A.B.I./Inglaterra, o Dr. Siddiqi notabilizou-se por suas inúmeras investigações no campo da taxonomia/sistemática dos nematoides, tornando-se figura icônica dentro do tema. Sua contribuição foi inestimável, algo reconhecido mesmo por boa parte de seus críticos, que o consideravam “splitter”, ou seja, proponente de número excessivo de novas categorias taxonômicas dentro do filo Nematoda, mormente como descritor de espécies. Todavia, como ressaltado pelo Dr. Alexander Ryss [Profile: 80th-anniversary of Professor Mohammad Rafiq Siddiqi; in Russian J. Nematol. 23(1):77-78, 2015], à parte eventuais equívocos, a linha evolutiva estabelecida pelo Dr. Siddiqi com base em análise morfo-biológica desenvolvida ao longo das décadas de 1960 a 1990, sumariada em seu clássico livro “Tylenchida: parasites of plants and insects”, acabou sendo confirmada em sua maior parte pelos filogeneticistas em anos recentes, com base em estudos realizados utilizando as mais avançadas técnicas biomoleculares.
Com olhar aguçado e percepção peculiar, soube, como poucos, identificar as adaptações morfológicas e biológicas ocorrentes em nematoides consequentes às distintas relações que mantinham com seus hospedeiros – principalmente plantas e insetos – formulando, assim, esquemas próprios para tentar explicar a intrincada filogenia de Nematoda. Suas ilustrações, precisas, sempre foram elogiadas.

Foi responsável pela proposição – uma cifra impressionante – de uma nova subclasse, 15 novas ordens, oito novas superfamílias, 31 novas famílias, 31 novas subfamílias, 238 novos gêneros e 643 novas espécies/subespécies de nematoides. Em sua homenagem, como taxa patronímicos, dois novos gêneros e 28 novas espécies foram propostos/ descritos por diversos nematologistas. Ao lado de numerosos artigos e revisões, como mencionado, publicou o livro-texto “Tylenchida: parasites of plants and insects”, originalmente em 1986 e depois uma reedição em 2000, ainda hoje uma referência aos adeptos da Nematologia. Entre os vários pesquisadores que acolheu para treinamento no CAB, ao nível de pós-doutorado, inclui-se o colega de SBN, Prof. Dr. Silamar Ferraz (UFViçosa-MG). Foi o criador da Afro-Asian Society of Nematologists, em 1990. De suas cinco filhas, uma, Safia, seguiu-lhe os passos, tornando-se também nematologista.

Neste post, modestamente evocamos a figura desse importante pesquisador, um dos raros representantes do time de taxonomistas clássicos da Nematologia ainda vivo e ativo, que tive o privilégio de conhecer pessoalmente em 2002.

Você pode receber todas as mensagens assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar uma resposta, ou voltar para a página principal.
Uma Resposta
  1. Ricardo disse:

    Belo post!

    R.

Deixar uma resposta

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*