Performancing Metrics

Tag-Archive for » Aphelenchoides «

Vídeo da Embrapa/Soja: o agente causal da Soja Louca II

Por ocasião do 32º CBN, realizado em junho de 2015 em Londrina (PR), os colegas Drs. Luciany Favoreto (Epamig) e Maurício C. Meyer (Embrapa/Soja; na foto) tiveram oportunidade de anunciar a identificação de fitonematoide do gênero Aphelenchoides como agente causal do mal referido como Soja Louca II. Pouco depois, em setembro de 2015, o MAPA reconheceu a doença SLII como nova ameaça à sojicultura nacional, tendo Aphelenchoides como seu organismo causador. No caminho percorrido até a associação do nematoide com o mal,  muitos ensaios – laboratoriais, de casa de vegetação e no campo – foram conduzidos subsequentemente durante mais de uma década, que possibilitaram: i) adequada caracterização dos sintomas ocorrentes nas cultivares afetadas; ii) descarte de várias outras possíveis causas para a doença; iii) melhorias nos métodos utilizados visando, especificamente, à extração do nematoide das plantas atacadas. 

Essa trajetória de pesquisas foi sumariada e está bem apresentada pelo Dr. Meyer em vídeo produzido e divulgado pela Embrapa-Soja, na verdade uma aula ricamente ilustrada sobre o assunto, que prazerosamente compartilhamos com a comunidade nematológica através do site da SBN. Assista e aprenda!

Soja Louca II : MAPA reconhece nova doença !

Em matéria datada de 8 de setembro do corrente publicada pelo site Globo Rural, foi noticiado que “O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) reconheceu a “Soja Louca II” (SLII) como lucianyuma nova doença que ameaça a cultura da soja no Brasil. Fazia pelo menos dez anos que pesquisadores da Embrapa trabalhavam na identificação da causa e, de acordo com eles, o que provoca a doença é o nematoide Aphelenchoides sp.”. Tal assunto já havia sido alvo de poster apresentado durante o Congresso Brasileiro de Nematologia realizado em junho passado, em Londrina (PR), tendo como autores os colegas Drs. Luciany Favoreto (nematologista/Epamig), Mauricio Conrado Meyer (fitopatologista/Embrapa Soja-GO) e demais colaboradores. Logo depois, no Congressomauriciomeyer Brasileiro de Soja, em Santa Catarina, o colega M. Meyer mais uma vez tratou do tema. Dada a necessidade prévia de notificação formal ao MAPA da nova doença, o que já aconteceu, eis que vem a informação de que tal evento foi agora reconhecido pelo citado órgão federal. Para conhecer melhor (em arquivo PDF) o trabalho realizado pelos colegas que culminou com a verificação do envolvimento de espécie do gênero Aphelenchoides com mais esse importante problema sanitário da sojicultura, clique aqui ! Aguardemos a evolução do assunto, na expectativa de que o controle da Soja Louca II possa ser reavaliado à luz do novo subsídio e, acima de tudo, que os sojicultores possam vir a se beneficiar efetivamente das ações futuras a serem definidas em relação a esse relevante e momentoso assunto.

Tese nematológica na UFV: Dalila Seni de Jesus

No dia 26 de fevereiro p.p., na Universidade Federal de Viçosa, Dalila Seni de Jesus defendeu com sucesso a tese intitulada “Taxonomia integrativa de espécies de Aphelenchoides associadas a sementes de gramíneas forrageiras e desenvolvimento de diagnóstico baseado em PCR em tempo real”. O estudo foi desenvolvido a partir de projeto seni15resultante de parceria entre o Departamento de Fitopatologia da UFV e o Instituto Biológico/Campinas, tendo Dalila permanecido, também, durante meses na Escócia (The James Hutton Institute) para o desenvolvimento de significativa parcela das atividades. Os membros de sua banca examinadora foram os Drs. Rosângela D. Lima Oliveira (orientadora), Claudio Marcelo G. de Oliveira (IB / co-orientador), Claudine Márcia de Carvalho (UFV / co-orientadora), Silvia Renata Siciliano Wilcken (UNESP-Botucatu) e Danilo Batista Pinho (UFV). Parabenizamos à autora e aos seus orientadores pelo estudo ora disponibilizado, que trata de tema ainda insuficientemente investigado e, portanto, vem enriquecer o acervo nematológico do Brasil.