Performancing Metrics

Tag-Archive for » Brasil «

Relembrando: 40 anos da SBN em 7/2/2014 !

SBN comemora 40 anos !

O quê ? Não vai comemorar também ? Então …

glad

Sim, os nematologistas têm senso de humor e gostam de festejar ! Junte-se aos bons !

OPORTUNIDADE: 2 bolsas de pós-doc / Fitopatologia

Duas bolsas de pós-doc em Fitopatologia no Brasil

Informação da Dra. Rosalee Coelho Netto (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA, Manaus – AM): Seleção de bolsista PNPD/CAPES, área de Fitopatologia, para atuação junto ao Programa de Agricultura no Tropico Úmido do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia –  INPA em Manaus. Os interessados devem entrar em contato com O Dr. Rogério Hanada (rhanada@inpa.gov.br), Coordenador do Programa. O valor da bolsa é de R$ 4.100,00 por mês é será diretamente creditado ao bolsista.

Informação do Prof. Marcelo Luiz de Laia (Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Campus JK, Faculdade de Ciências Agrárias, Diamantina, MG): Seleção de candidatos a uma Bolsa de Pós-Doc da FAPEMIG (valor R$ 4.100,00 + taxa de bancada de R$ 400,00). Projeto a ser desenvolvido: Genômica funcional de eucalipto – genes envolvidos com  resistência/suscetibilidade à doença abiótica. Início:  Março de 2014. Duração: 12 meses (possibilidade de mais 12). Seleção: 10 a 14 de fevereiro de 2014. 

Documentação: Memorial Descritivo abordando: a) síntese da trajetória acadêmica e profissional do candidato, destacando os componentes mais relevantes apresentados no currículo; b) descrição de atividades extra-curriculares relevantes; c) manifestação textual sobre os principais interesses e expectativas para com a área do projeto a que se candidata; d) endereço do currículo Lattes atualizado a menos de 30 dias (digitar em espaço simples, Times new Roman 11, máximo de 5 páginas). Enviar o memorial (PDF) a  marcelolaia@gmail.com ou marcelo.laia@ufvjm.edu.br

Nature: crescimento de biocombustíveis protelado no Brasil

Nature | News  –  Growth of ethanol fuel stalls in Brazil

[Matéria opinativa publicada na Nature de 27/11/2012, de autoria de Claudio Angelo. O original em inglês pode ser acessado clicando-se na imagem acima, de Rickey Rogers/Ag. Reuters. O texto em português segue logo abaixo.]

Crescimento de biocombustíveis protelado no Brasil

“Um novo momento para a humanidade.” Foi como ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, descreveu o boom do biocombustível do seu país em março de 2007. Naquela época, o Brasil foi o sucesso emergente do etanol combustível, sua produção só perdendo para a dos Estados Unidos. A fermentação dos açúcares da abundante cana de açúcar cultivada no país permitiria a produção de combustível motor capaz de reduzir as emissões de dióxido de carbono e, em vista disso, muitos viram o Brasil como um modelo de como o mundo poderia se libertar de sua dependência de petróleo sem perda significativa de postos de trabalho ao longo desse novo caminho.

Cinco anos depois, todavia, a previsão de Lula já se revela nebulosa. Biocombustíveis estão caindo em desgraça no mundo, pois seus críticos defendem que a destinação de milhões de hectares de terras bem qualificadas à agricultura para as chamadas “culturas de combustível” causará inevitável elevação dos preços dos alimentos e que mais…