Performancing Metrics

Tag-Archive for » dissertações nematológicas «

IFGoiano/Urutaí: os primeiros mestres “nematológicos” !

Com muita satisfação noticiamos que ocorreram, há poucos dias, as duas primeiras defesas de dissertações “nematológicas” por participantes do Programa de Mestrado Profissional em Proteção de Plantas do Instituto Federal Goiano – Campus Urutaí. Ambos os trabalhos acadêmicos foram orientados pelo colega de SBN, Dr. Fernando Godinho de Araújo, atual Diretor de Ensino da instituição. Em 13 de março p.p., Rodrigo Máscia defendeu com sucesso trabalho “Bacillus amyloliquefaciens E Trichoderma harzianum NO MANEJO DE Pratylenchus brachyurus E Helicotylenchus sp. NA CULTURA DA SOJA”, diante de banca examinadora formada pelos Drs. Fernando Godinho de Araújo, Renato Andrade Teixeira e Gleina Costa Silva Alves, que ladeiam o candidato na foto abaixo à esquerda (clique para ampliar).

 

Em 15 de março foi a vez de Briza Volusia Schetini ser aprovada após apresentação da dissertação “MANEJO DE Heterodera glycines EMPREGANDO ENZIMAS HIDROLÍTICAS DE Trichoderma asperellum“, tendo sido membros de sua banca avaliadora os Drs. Fernando Godinho de Araújo, Mara Rúbia da Rocha e Alexsander Augusto da Silveira (foto acima, à direita).

Congratulamo-nos com o IFGoiano/Urutaí pela relevante vitória alcançada com as defesas iniciais de trabalhos acadêmicos dentro de seu Programa de Mestrado Profissional, consolidando com isso o prestígio da Instituição na área de Fitossanidade – e, em particular, na especialidade de Nematologia de Plantas – no âmbito da região Centro-Oeste. Esperamos contar, brevemente, com as versões em PDF das duas dissertações em nosso Banco de Teses para consulta pela nossa comunidade.

Novas dissertações: fitonematoides e nemas marinhos

Como a Nematologia não pode parar, mais dois trabalhos acadêmicos de mestrado foram apresentados recentemente, na UFPE-Recife e na ESALQ/USP-Piracicaba. Em 20 de julho p.p., em Pernambuco, deu-se a defesa da dissertação intitulada “Efeito da acidificação da água do mar: um estudo de mesocosmo com a nematofauna de recifes de coral”, de Tarciane Pires de Souza (foto), orientada do terciane16colega de SBN Dr. André Morgado Esteves (UFPE), apresentada diante de banca composta pelos Drs. Giovanni Amadeu de Paiva Santos (UFPE), Mônica Lúcia Botter Carvalho (UFRPE) e Tatiana Fabricio Maria (UFERJ). Já em 23 de agosto, foi a vez de Elvio Lorençato Uzuele, orientado do Dr. Mario Massayuki Inomoto, defender a dissertação “Eficácia do tratamento de sementes com o nematicida tioxazafen no controle de Heterodera glycines, Meloidogyne incognita, M. javanica, Pratylenchus brachyurus e P. zeae” frente comissão examinadora (foto ao alto) formada pelo orientador e pelos Drs. Pedro Luiz Martins Soares (FCAV/UNESP de Jaboticabal) e Luiz Carlos C. B. Ferraz (ESALQ/USP). Os autores e orientadores, a quem cumprimentamos prazerosamente pelo sucesso alcançado nas parcerias de pesquisa estabelecidas, ficam desde já convidados a disponibilizar os PDFs das dissertações logo que possível visando à inclusão em nosso Banco de Teses, para consultas pelos colegas e usuários interessados.

As kids nematológicas de Pernambuco mostram serviço !

Nessa sucessão de defesas de dissertações e teses nematológicas pelo Brasil, ao lado do doutorado de Thais Fernanda Vicente (foto com a orientadora Dra. Elvira Pedrosa) na UFRPE, já noticiado neste site, ThaisFernanda e Elviradestacaram-se agora mais duas kids da mesma instituição de Pernambuco. Em 25 de fevereiro p.p., Carolina de Lima França apresentou com sucesso a dissertação intitulada “Efeito da irrigação em áreas de tabuleiro na distribuição espacial de nematoides endoparasitos em cana-de-açúcar”, supervisionada pela Dra. Elvira M. R. Pedrosa, contando com banca completada pelos Drs. Abelardo A. A. Montenegro, Lilian A. M. Guimarães e Andrea C. B. Barros (foto). Em 29 de fevereiro p.p., foi a vez de CarmemdefesaCarolinaPE Lúcia Pereira Abade obter o título de Mestre defendendo trabalho acadêmico intitulado “Variabilidade espacial de fitonematoides em área de feijoeiro caupi e maracujazeiro amarelo após erradicação de goiabeira”, orientado igualmente pela Dra. Elvira Pedrosa, diante de banca examinadora que contou ainda com as Dras. Lilian A. M. Guimarães e Daniela S. S. de Matos (foto abaixo). Cumprimentamos defesaCarmemPEshortcandidatas, orientadora, departamentos e instituição envolvidos em ambas as defesas e ficamos na expectativa de que as dissertações venham a ser brevemente disponibilizadas online para que possam compor o nosso Banco de Teses e ficarem os seus dados, desse modo, acessíveis a toda comunidade fitonematológica. De todo o Brasil e a todo momento, não param de surgir novas e boas contribuições oferecidas pelo(a)s jovens nematologistas. Muito bom! Que venham mais!