Performancing Metrics

Tag-Archive for » LIlian Guimarães «

Edital para seleção ao PG em Fitopatologia na UFRPE

Informa a colega Dra. Lilian M. P. Guimarães que estarão abertas as inscrições aos candidatos a frequentar o Curso de Pós-Graduação em Fitopatologia – níveis de Mestrado (2 vagas) e Doutorado (6 vagas) – na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) no período de 1 a 29 de outubro p.f., com possibilidade de obtenção de bolsas. Na imagem abaixo, as linhas de pesquisa, o corpo de docentes/ orientadores e outros informes gerais. Para conferir o edital e todos os detalhes do processo seletivo, acesse este site !

E as defesas se sucedem: agora Goiás e Pernambuco!

Nova sequência de defesas de trabalhos acadêmicos sobre temas nematológicos teve lugar nos últimos dias de julho, desta feita envolvendo pós-graduandos da UFG (Univ. Fed. de Goiás) e da UFRPE (Univ. Fed. Rural de Pernambuco). Breves relatos e ilustrações estão apresentados a seguir. Confira !

No dia 30/07/2018,  houve a defesa de tese de doutorado de Victor Alves Ribeiro, discente do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas da UFG e orientado da Dra. Mara Rubia da Rocha, sendo seu trabalho intitulado “Desempenho de genótipos de algodoeiro quanto à reação ao nematoide de galhas”. Na foto ao alto, o candidato aparece junto aos membros da banca examinadora que o aprovou, tendo à sua direita a orientadora e os Drs. João Luis da Silva Filho (Embrapa Algodão) e Bruna Mendes de Oliveira (UFG), e à sua esquerda Murillo Lobo Junior (Embrapa Arroz e Feijão) e Jessica da Mata dos Santos Monteiro (Bolsista PNPD). 

Por outro lado, em Recife (PE), na UFRPE, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, tiveram defesas bem sucedidas de dissertações as mestrandas Mariana Ferreira de Lima David (31/7), orientada da Dra. Lilian M. Paes Guimarães (“Caracterização enzimática e fisiológica de Setaria viridis e Portulaca oleracea em relação ao parasitismo de Meloidogyne spp.”) e Dayane Farias Lima (24/7), orientada da Dra. Elvira M. Régis Pedrosa (“Efeito da irrigação na distribuição espacial de nematoides em áreas cultivadas com cana-de-açúcar”), enquanto o doutorando Rezanio Martins Carvalho (27/7), também orientado da Dra. Lilian Guimarães, teve aprovada a sua tese “Fitonematoides x cana-de-açúcar: ocorrência populacional em áreas dos estados no Nordeste brasileiro e avaliação de piraclostrobina como indutor de resistência”.

Na fotomontagem acima, sempre da esquerda para a direita aparecem os participantes das defesas de Mariana (Dra. Elineide Souza/PPGF-UFRPE; Dra. Lilian Guimarães, Mariana David e Dr. Manoel Teixeira Souza Júnior, da Embrapa Agroenergia/Brasília e Professor de PG da Universidade Federal de Lavras), de Dayane (Dra. Thais Fernanda da Silva Vicente, Pós-doutoranda do Programa de Pós Graduação em Engenharia Agrícola-UFRPE, Dra. Elvira Pedrosa, Dayane, Dr. Ênio Farias França e Silva, Programa de PG em Engenharia Agrícola-UFRPE, Dr. Márcio Aurélio Lins dos Santos, Programa de PG em Agricultura e Ambiente – Univ. Federal de Alagoas) e de Rezanio (Dra. Andréa Baltar/Uninassau; Dra. Elvira Pedrosa – PPGF/UFRPE, Dra. Lilian Guimarães, Rezanio, Dra. Claudia Ulisses, Programa de PG em Botânica-UFRPE e Dr. André Ângelo Gomes PPGF/UFRPE).

Congratulamo-nos com todos os novos mestres e doutores, bem como suas respectivas orientadoras, e parabenizamos a UFG e UFRPE por terem patrocinado tais exitosas parcerias acadêmicas. O acervo fitonematológico fica enriquecido com essas quatro novas contribuições, que a comunidade nematológica espera ter logo ao alcance para consulta na forma de PDFs disponibilizados online. É a Nematologia em ritmo acelerado!

Marilene F. Lunardi : nova dissertação vinda de PE !

Com o título “Caracterização das Populações de Nematoides no Solo em Áreas Cultivadas com Fruteiras Tropicais”, a mestranda Marilene Fátima Lunardi, orientada da Dra. Lilian M. P. Guimarães, defendeu com sucesso a sua dissertação desenvolvida através do Programa de PG em Fitopatologia da UFRPE. Mais um estudo sobre a composição e características de comunidades de nematoides habitantes do solo, agora em áreas sob cultivo com fruteiras tropicais no Nordeste Brasileiro. Nas fotos, a candidata durante a defesa e acompanhada da orientadora e dos membros da banca, as Dras. Elineide Barbosa de Souza (PPGF/UFRPE) e Christiane Mendes Cassimiro Ramires (Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba – EMEPA). 

Ao cumprimentarmos orientada e orientadora pela bem sucedida parceria e à UFRPE por possibilitá-la, destacamos o expressivo número de boas contribuições ao acervo nematológico nacional, produzidas nas diversas regiões do País, resultantes de trabalhos acadêmicos aos níveis de mestrado e doutorado. Não à toa, o “nosso” Banco de Teses já excede hoje 200 títulos, e outros, que surgem a todo instante, como o da Marilene, certamente continuarão a ser a ele incorporados. E a Nematologia não para, porque não pode parar!