Performancing Metrics

Tag-Archive for » meloidoginose em soja «

Adriély A. Almeida: olha tese nematológica na UEL!

Em pleno pré-Carnaval, a Nematologia não para. Não na UEL, com certeza! Adriély A. Almeida vem de defender com sucesso sua tese de doutorado nematológica “VARIABILIDADE EM POPULAÇÕES DE Meloidogyne incognita E AVALIAÇÃO DE RESISTÊNCIA EM SOJA” desenvolvida sob as orientações das colegas Dras. Débora C. Santiago e Neucimara R. Ribeiro. O trabalho acadêmico foi avaliado por banca examinadora constituída pelos Drs. Adriana Figueiredo, Gaspar Malone, Leandro Simões Azeredo Gonçalves e Claudia R. Dias-Arieira, esta última participando via Internet, vistos na foto abaixo ladeando a vitoriosa candidata.

É sempre causa de muita satisfação divulgarmos aqui as defesas acadêmicas envolvendo pesquisas ligadas à Nematologia ao nível de doutoramento, indicando que novos recursos humanos já bem treinados se apresentam prontos para iniciar as suas trajetórias profissionais. Esperamos que também no caso da Andriély tal se realize e com sucesso! Parabéns às orientadoras pelo dever bem cumprido e que agilizem com a autora do estudo realizado a sua disponibilização como PDF à toda a comunidade nematológica, haja vista o interesse que as fitonematoses da soja continuam a despertar na atualidade do Agronegócio brasileiro. Segue Nematologia, segue! 

Vizinhos também sofrem: Meloidogyne em soja no Paraguai

Em breve e interessante vídeo disponível no YouTube pode-se constatar que os sérios problemas nematológicos enfrentados pelos sojicultores brasileiros, em particular da região Centro-Oeste, não conhecem nem respeitam limites geográficos e estão presentes também no vizinho Paraguai. No vídeo, disponibilizado pelo Canal Agro Paraguay, lavoura de soja do Departamento de Canindeyú, com evidentes reboleiras devidas a nematoides de galhas é mostrada, caracterizada por falhas nas linhas de cultivo, plantas exibindo crescimento irregular, clorose e outros sintomas reflexos típicos. O locutor/ comentarista oferece ao fim do vídeo a confirmação de que a causa dos danos é nematológica, arrancando ao acaso uma planta e mostrando a precariedade do sistema radicular, muito pobre e com a raiz principal reduzida a um conglomerado de galhas coalescidas. É a Nematologia na tela, desta vez autenticamente ‘made in Paraguay’.