Performancing Metrics

Tag-Archive for » UFMT «

UFMT: Realizado o Curso de Atualização a Docentes.

Concluiu-se neste sábado, uma vez mais com êxito, o 4o Curso Teórico/Prático de Atualização em Fitonematologia, desta feita realizado em Cuiabá (MT). Os nematologistas Drs. Paulo Afonso Ferreira e Giovani de Oliveira Arieira, ambos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e membros da SBN, desdobraram-se em dedicação para repassar as mais recentes informações técnicas sobre os principais grupos de fitonematoides, com ênfase ao manejo, bem como disponibilizaram farto material didático aos professores participantes, oriundos de nove (9) Estados brasileiros. As fotos abaixo mostram momentos do curso, os ministrantes e participantes.

A Diretoria da SBN expressa sua enorme satisfação em relação a mais esse evento bem sucedido na área de aperfeiçoamento dos jovens recursos humanos hoje dedicados ao ensino de Nematologia de Plantas no País. Dispersos pelas várias regiões nacionais e nem sempre podendo contar com facilidades para a obtenção de subsídios atualizados, de boas referências bibliográficas e particularmente de audiovisuais de qualidade visando ao preparo de suas aulas, tais docentes demonstraram grande interesse e muita aplicação durante o evento, evidenciando o acerto indiscutível da SBN e sua parceira UFMT na promoção do curso. Parabéns a todos os envolvidos. A Nematologia do Brasil subiu mais um degrau, com certeza. 

Curso de Atualização a Docentes/Cuiabá: restam 3 vagas!!!

Resultado de imagem para Universidade Federal de Mato Grosso CuiabáResultado de imagem para sociedade brasileira de nematologia

Como previsto, foi grande a procura inicial por vagas para participação no ‘4º Curso de Atualização a Docentes de Nematologia’ que se realizará em Cuiabá de 26 a 28 de julho p.f.. A informação vinda do Prof. Dr. Paulo Afonso Ferreira, um dos coordenadores e responsáveis pelo evento, é de que apenas três (3) vagas ainda restam aos interessados das 15 oferecidas! Como se sabe, essa promoção da Universidade Federal do Mato Grosso em conjunto e chancelada pela Sociedade Brasileira de Nematologia se destina a professores de disciplinas de graduação que envolvam temas nematológicos em suas aulas e sintam necessitar ainda de maior familiaridade com a especialidade da Nematologia de Plantas. 

Como não haverá aumento no número de vagas nem lista de espera, será de todo conveniente que aqueles docentes que tenham a expectativa de participar que formalizem suas inscrições com a possível urgência junto ao Dr. P. A. Ferreira, assegurando assim a frequência no evento. Não durma no ponto ou reclame depois…

Todos os informes adicionais sobre o curso, bem como as instruções para a solicitação de inscrição, foram apresentadas em post anterior publicado aqui no site da SBN. Para acessar esse post e checar tais informações, basta clicar aqui!

O esperado doutorado de Rafael Galbieri !

Em meio a uma sucessão de defesas de trabalhos acadêmicos com temas nematológicos por todo o País, eis que vem do Mato Grosso a boa notícia de que o já experiente colega Rafael Galbieri finalmente obteve o grau de Doutor. A defesa aconteceu no dia 23 de fevereiro p.p. na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. A tese foi desenvolvida sob a orientação da Dra. Leimi Kobayasti e intitulou-se “Efeito do tamanho do sistema radicular do algodoeiro na tolerância a Rotylenchulus reniformis e Meloidogyne incognita raça 3″. Além da orientadora, compuseram a banca examinadora os Drs. Edivaldo Cia, Valéria de Oliveira Faleiro, Giovani de Oliveira Arieira, Luiz Gonzaga Chitarra e Virginia Helena de Azevedo, vistos (esquerda-direita) ladeando o candidato na foto acima.

Com diversas publicações já lançadas, inclusive organização de livro-texto, Rafael tem realizado atividade intensa principalmente na área das nematoses do algodoeiro, vindo a recém-alcançada titulação coroar a trajetória já cumprida até aqui como dedicado profissional da Nematologia de Plantas. Cumprimentamos a todos os envolvidos nessa conquista e ficamos na expectativa de que ela possa servir de estímulo adicional à continuidade dos estudos relevantes que o Rafael vem conduzindo na região Centro-Oeste. E que os resultados da pesquisa sejam logo divulgados tanto na forma de artigos científicos em revistas como através da disponibilização do PDF da tese.